7 de outubro de 2015

OUTUBRO MÊS MISSIONÁRIO E MÊS DO ROSARIO

    

       No mês de Outubro a Igreja Católica celebra o mês das missões, no qual toda comunidade se concentra em entidade cristã: Ser Missionário.

  • A palavra missão vem do latim mittere que significa enviar.


Há vários tipos de missão; diplomática, de  paz, cientifica, de guerra e religiosa...

A origem da missão está em Deus Pai que envia seus servos a trabalharem e recolherem frutos. 

  • Missionário é alguém enviado, quem realiza o trabalho e é uma figura comum dentro de diversas crenças.


Todos nós batizados somos missionários do Pai, enviados a pregar com fidelidade o Evangelho.

A missão da Igreja é apenas realizar a missão de jesus. ( AG 5).

No cristianismo os missionários possuem um significado importante. Os apóstolos foram os primeiros enviados cristãos por isso, é até hoje uma religião missionária.

" Ide por todo o mundo e anunciai o evangelho a toda criatura". (Mc 16,15)"




 PADROEIROS DAS MISSÕES






O ROSÁRIO
     

           Em Outubro a igreja Católica também comemora  mês do rosário, uma devoção que teve inicio no séc. XII.
      Naquela época os romanos e gregos tinham o costume de coroar suas estatuas com rosas ou flores para demonstrar sua devoção. Assim as mulheres cristãs que eram levadas para o martírio adotaram para si esse costume, vestiam suas melhores roupas e enfeitavam-se com coroas de rosas, para demonstrar seu contentamento em irem ao encontro do senhor.
À noite os cristãos recolhiam as flores e por cada rosa recitavam uma oração ou um Salmo pelas mártires.

     Daí surgiu o costume da Igreja em rezar o Rosário, que consistia em recitar os 150 Salmos de Davi e se chamou  SALTÉRIO.

   Entretanto nem todos sabiam ler e a estes, a Igreja permitiu substituir os 150 Salmos de Davi por 150 Ave Maria. A este deu-se o nome de SALTÉRIO DA VIRGEM.

      Pouco antes do final do séc. XII, Domingo de Gusmão aflito com a decadência de sua época e com o crescimento das heresias, decidiu flagelar-se violentamente enquanto pedia  a Deus que intervisse na situação da cristandade e acabou desmaiando.

Ao recobrar os sentidos a Santíssima Virgem lhe apareceu e disse que a melhor arma para combater a heresia e conseguir a conversão dos hereges não era a flagelação, mas sim, a recitação do seu Saltério.

      São Domingos de Gusmão reuniu o povo e antes de começar a falar uma violenta tempestade se desencadeou com raios e trovões e todos viram a imagem da virgem erguer o braço direito e ameaçar-los com  olhar terrível. Nesse momento São Domingos começou a rezar o Rosário e com ele todo o povo reunido até que a tempestade cessou completamente.

     Por muito tempo a população rezou com devoção o rosário, porém com a morte de S. Domingos Gusmão e como passar dos tempos, começou a ser esquecido. até que em 1349 a Espanha foi devastada pela "morte negra" e Nossa Senhora com seu Divino Filho e S. Gusmão apareceram ao  Frei Alano La Roche o então superior dos dominicanos e, pediu que Frei Alano fizesse reviver a devoção do seu Saltério.

    Foi com ele o Rosário tomou a forma que tem até hoje, dividido em dezenas e contemplando os mistérios da vida de Jesus e Maria. A partir de então essa devoção se estendeu por toda a Igreja.

    No dia 07 de outubro de 1571 houve uma batalha entre católicos e turcos no Mar de Lepanto e a religião católica corria o risco de desaparecer para sempre.

Em Roma, o Papa Pio V pedia ao povo que rezasse o Rosário pela vitoria de seus irmãos e através da oração foi dada a vitoria. Pouco depois estava instituída a festa de Nossa Senhora do Rosário.

(Fonte:  Google)